Bruno Reis terá mais que o dobro de tempo de TV do que Denice

A batalha política entre o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), e o governador do estado, Rui Costa (DEM), já rendeu uma vitória para o democrata nesta corrida eleitoral: o seu candidato, Bruno Reis (DEM), terá o maior tempo de propaganda na televisão e no rádio na eleição deste ano, com 4’35”, à frente de todos os nomes colocados pela base do petista.

Os quatro nomes apresentados por Rui são os seguintes: Denice Santiago (PT), que vai ter 2’07; Olívia Santana (PCdoB), com 1’10”; Pastor Sargento Isidório (Avante), com 1’02”; e Bacelar (Podemos) com 29 segundos.

Individualmente, Bruno leva vantagem na disputa. No entanto, juntos, os candidatos apoiados pelo governador chegam a 5’47”.

Independentes na disputa, Hilton Coelho (PSOL) deve ter 21 segundos, e Celsinho Cotrim (Pros) 18 segundos.

Filiados a partidos que não atingiram a cláusula de barreira, Cezar Leite (PRTB) e Rodrigo Pereira (PCO) teriam direito a pouco mais de seis segundos, já que a legislação eleitoral prevê divisão proporcional do tempo de TV para que todos os candidatos possam utilizá-lo.

A propaganda eleitoral de rádio e televisão começa no dia 9 de outubro e se encerra em 12 de novembro. Os candidatos terão direito a dois blocos de programa de 10 minutos ao longo do dia no rádio (das 7h às 7h10 e das 12h às 12h10) e na televisão (das 13h às 13h10 e das 20h30 às 20h40), de segunda a sábado.

De acordo com a Resolução 23.610/2019, que aplica novas regras às campanhas a partir deste ano, serão considerados apenas os seis maiores tempos dos partidos em coligação. Todo o resto será somado e dividido proporcionalmente, tendo como base do cálculo o número de deputados federais que cada partido possui na Câmara Federal.

Considerando o tempo disponível para a disputa majoritária, encabeçam a lista o PT e o PSL. Ambos possuem mais de 50 parlamentares na Câmara e terão um tempo de TV superior a 56 segundos cada. Numa faixa intermediária está o PP, com 38 deputados eleitos e 41,80 segundos de televisão. Seguem a lista o PSD, MDB, PL, PSB, Republicanos, PSDB, DEM e PDT, com tempos acima de 30s. O estudo foi feito pelo advogado Ademir Ismerim, do escritório Ismerim & Advogados Associados (leia mais aqui).

Como nenhum candidato rival de Bruno possui mais de três partidos na aliança, a regra que estabelece o máximo de seis siglas com direito a contabilização no cálculo proporcional serviu só para o democrata – foram computados os números de DEM, PSL, PL, PRB, MDB e PSDB.

Além dos programas de 10 minutos, os postulantes a prefeito terão direito a 42 minutos diários em inserções, publicidade feita ao longo do dia na programação das televisões e rádios. Bruno Reis também terá a maior fatia de tempo nesse caso, com 19’01”. Denice aparece em segundo, com 8’30”.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

© 2020 Rádio Cidade – AM 870