Número de adolescentes apreendidos por envolvimento com tráfico cresce 15,2%

O número de menores infratores conduzidos à Delegacia do Adolescente Infrator (DAI), por envolvimento com o tráfico ou posso de drogas cresceu 15,2%, registrando um salto de 754 para 890 apreensões. O aumento registrado m Salvador se refere ao tempo de janeiro a setembro deste ano em comparação com o mesmo período do ano passado. Segundo informações da Secretaria e Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), esses jovens, com idades entre 12 e 17 anos, também estão ligados a outros atos infracionais. No primeiro semestre de 2017, dos 1.883 apreendidos, muitos praticaram furto, porte ilegal de arma, lesão corporal dolosa e roubo, tanto simples quanto qualificado. Esse último crime, por exemplo, é o segundo mais cometido, com 265 registros de adolescentes. Nesse contexto, o celular é um dos objetos mais roubados, sendo responsável pela condução de 38 infratores para a DAI. Para o comandante da “Operação Gêmeos”, unidade da Polícia Militar que combate roubos a coletivos, major Gabriel Neto, esse crescimento reflete a “falta de acompanhamento dos familiares a estes adolescentes”. “Os jovens estão em idade escolar, mas a maioria abandona o colégio ou comete atos infracionais no horário em que deveria estar em aula”, pontua o comandante. Ao todo, nesses nove meses, a SSP-BA tem registro 560 casos de tráfico de drogas com o envolvimento de adolescentes, 330 de porte de substância entorpecente, 239 de ameaças, 139 de lesões corporais, 265 de roubos, 163 de portes ilegais de arma, 160 de furtos e 163 de flagrantes de outros atos infracionais.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

© 2017 Rádio Cidade – AM 870