TSE cassa prefeito e vice em Pilão Arcado e determina novas eleições imediata

Os mandatos do prefeito Afonso Mangueira (PP) e de seu vice Daltro Melo (MDB) em Pilão Arcado, norte da Bahia, foram cassados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nesta terça-feira (19) por se beneficiarem da prática de abuso de poder político e econômico. Pela sentença, ficou determinada ainda a realização imediata de novas eleições no município.

A corte reverteu o entendimento do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), que tinha decidido manter os mandatos, mesmo reconhecendo a prática de abuso de poder político e econômico na campanha de 2016.  Na denúncia, o antecessor de Afonso, João Ubiratan, teria contratado 500 servidores temporários às vésperas das eleições para ajudar o então candidato à sucessão. (Blog Carlos Britto)

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

© 2020 Rádio Cidade – AM 870